8 de setembro de 2010

Sucesso Depende de Mim

Hoje vou dormir a pensar no que tenho de fazer amanhã.
A minha função é escolher o tipo de dia que vou ter.
Posso ficar triste com a minha vida ou sentir-me encorajado por tentar mudá-la.
Posso reclamar sobre a minha saúde ou dar graças por estar vivo.
Posso reclamar porque está a chover ou agradecer às águas por lavarem a rua.
Posso queixar-me dos meus pais por não me terem dado tudo o que eu queria
ou posso ser grato por ter nascido..
Posso reclamar por ter de ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho.
Posso lamentar decepções com amigos ou entusiasmar-me com a possibilidade de fazer novas amizades.
Se as coisas não saíram como planeei, posso ficar feliz por ter outro dia para recomeçar.
O amanhã está à minha frente, esperando para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma ao meu dia e ao mundo.
Só depende de mim.

30 de agosto de 2010

Resumos Secretos

A expectativa é uma força de atracção poderosa. Espere as coisas que deseja, e não espere as coisas que não quer.

A gratidão é um processo poderoso para alterar a sua energia e trazer até si mais daquilo que quer na vida. Esteja grato pelo que já tem, e atrairá mais coisas boas.

Dar graças por aquilo que quer antecipadamente é como potenciar os seus desejos, e enviar um sinal mais poderoso para o Universo.

A visualização é o processo de criar imagens de si próprio na sua mente a desfrutar daquilo que deseja. Quando visualiza, gera pensamentos poderosos e sentimentos de posse. A lei da atracção devolve-lhe essa realidade, tal como a viu na sua mente.

Para usar a lei da atracção a seu favor, faça disso uma forma de vida e não um acontecimento único.

No final de cada dia, antes de adormecer, passe em revista os acontecimentos do dia. Quaisquer acontecimentos ou momentos que não correram como pretendia devem ser reformulados na sua mente, da forma como queria que corressem.

10 de agosto de 2010

Funicular



Funicular dos Guindais na cidade do Porto







Um funicular é um carro de cabos que circula sobre carris; a sua principal função é o transporte de passageiros ou carga ao longo de encostas. Uma linha de funicular é normalmente constituída por dois carros puxados por um cabo de aço, um em cada extremo da linha; partem ao mesmo tempo numa linha única e a meio do percurso a linha divide-se em duas permitindo o cruzamento. O nome deriva do latim, funiculus, diminutivo de funis que significa "corda".

Os primeiros funiculares funcionavam com a força da água (através de uma roda de água que puxava o carro) e eram utilizados sobretudo no embarque e desembarque de navios que circulavam em canais. Um dos primeiros funiculares foi construído em 1777 no Tyrone canal, na Irlanda.

No século XIX, com o começo da era dos canais os funiculares foram muito utilizados. A tracção animal foi também no início uma forma de funcionamento, contudo, mais tarde, o contrapeso de água passou a ser o mecanismo preferencial, tal como no funicular de Montmartre. A tracção eléctrica foi a mais actual inovação no que diz respeito à locomoção dos funiculares.

O primeiro funicular em Portugal, e também na Península Ibérica, foi o Elevador do Bom Jesus em Braga. O projecto é do engenheiro suíço Nikolaus Riggenbach e foi inaugurado em 1882. Foi nessa obra que se notabilizou o engenheiro português de ascendência francesa Mesnier du Ponsard, que veio a constituir a Companhia dos Ascensores em Lisboa. Foi aí que construiu grande parte da sua obra, na qual se destacam o elevador de Santa Justa, o elevador da Lavra, o elevador da Glória e o elevador da Bica.

O Funicular dos Guindais é uma ferrovia que se localiza na cidade do Porto e liga a Praça da Batalha à Praça da Ribeira. O funicular original, projectado por Raul Mesnier, foi inaugurado em 4 de Junho de 1891, e fechou dois anos depois devido a um grave acidente em 5 de Junho de 1893. Foi totalmente recuperado depois de um século de inactividade. Mais de que um simples meio de transporte, o funicular dos Guindais significa uma excelente oportunidade de fazer um passeio turístico entre duas zonas monumentais da cidade Invicta. O funicular actual abriu em 19 de Fevereiro de 2004 e é operado pelo Metro do Porto.
Fonte: Wikipédia.

4 de agosto de 2010

ALGUNS MÉTODOS QUE PODE USAR COM SUCESSO

Olá vou abordar um tema que pode ir ao encontro do que você procura que é o sucesso na vida.
UM momento muito importante para se mentalizar daquilo que deseja é à noite quando vai dormir. Coloque-se numa posição confortável, relaxe e fique mentalizado na sua tela mental aquilo que deseja; adormeça com a mente ligada a esses pensamentos. O seu subconsciente, nesta hora, está mais receptivo e pode ser até que você tenha a resposta em sonhos.
Outro método que pode empregar com proveito, em qualquer hora do dia, é sentar-se numa posição bem cómoda, fechar os olhos e ver mentalmente como já tenha acontecido aquilo que deseja. Se deseja adquirir uma casa, imagine-se, neste momento, pagando o valor da casa ao vendedor e entrando muito contente na casa. Imagine até, se quiser, a localização dos móveis. O subconsciente, que não distingue entre realidade e imaginação, transformará a sua imaginação em realidade física.

Se deseja aumento de salário, imagine que o seu patrão o chama e lhe diz:”Olha, tu és um funcionário muito eficiente, por isso vou aumentar-te o salário”.Veja-se diante da escrivaninha do seu chefe e ele dando-lhe essa notícia, com a cadeira reclinada para trás, cheio de bom humor.

Se deseja progredir na vida, fixe na sua mente numa palavra ou numa frase e repita-a várias vezes por dia, com sentimento. Por exemplo, mentalize: RIQUEZA E SUCESSO. Simplesmente RIQUESA E SUCESSO. Também pode optar por dizer a si mesmo com fé e gratidão: Eu sou rico.

O que você cria na mente, acontece.

26 de julho de 2010

Medo de Perder a Liberdade

Conserve a sua mente límpida e tranquila. O seu mundo é a sua mente e na sua mente só você pode mandar, portanto, mesmo entre quatro paredes, você pode sentir-se liberto e feliz.

A liberdade é um dom interior que lhe pertence. Use-o. Ninguém pode roubar-lhe a liberdade a não ser você mesmo. Nunca esqueça que é dono do universo, é o rei da criação, portanto pode estar num lugar e em todos os lugares ao mesmo tempo. Você tem dimensões divinas.

Irradie pensamentos de boa vontade, de harmonia, de paz, de bom entendimento e de fraternidade e esses pensamentos expulsarão toda e qualquer possibilidade de perder a liberdade.

Sinta-se sempre protegido divinamente e ninguém lançará mão contra si.

"Ninguém lançará mão de ti para te fazer mal" (Actos 18.10).

MEDO DE PERDER O AMOR

Este medo produz uma série de distúrbios e tira a paz de espírito. Se dois se amam, são como duas metades que se juntam de forma tão unitária que ninguém pode separar, a não ser os mesmos. Cultivem, então, o amor, doem-se mutuamente, mantenham a vida dessa flor maravilhosa e o amor continuará até ao fim dos tempos.

É dando que se recebe; dê amor á mão cheia e com toda a largura do seu coração e estará a enriquecer e estreitar cada vez mais o seu amor.

Você nunca perderá o amor do seu coração. Se o seu namorado se foi, se o seu noivo se foi, saiba que pode perder o amor de outra pessoa, mas jamais perderá o AMOR. Este existe sempre em si, é inesgotável e tende, por sua própria essência, a encontrar a sua outra parte. Não se feche, pois, na solidão e nem viva trancado de medo de perder o seu amor. Dê vida ao seu amor, ao invés de sufoca-lo. É na liberdade, por incrível que pareça, que o amor mais se desenvolve.

Envolva o seu amor num círculo de protecção divina e descanse.

20 de junho de 2010

EM MEMÓRIA A JOSÉ SARAMAGO


Catorze de Junho

Por Fundação José Saramago

Cerremos esta porta.
Devagar, devagar, as roupas caiam
Como de si mesmos se despiam deuses,
E nós o somos, por tão humanos sermos.
É quanto nos foi dado: nada.
Não digamos palavras, suspiremos apenas
Porque o tempo nos olha.
Alguém terá criado antes de ti o sol,
E a lua, e o cometa, o negro espaço,
As estrelas infinitas.
Se juntos, que faremos? O mundo seja,
Como um barco no mar, ou pão na mesa,
Ou rumoroso leito.
Não se afastou o tempo. Assiste e quer.
É já pergunta o seu olhar agudo
À primeira palavra que dizemos:
Tudo.

29 de abril de 2010

MEDO DA POBREZA

Dificilmente se encontra uma pessoa que não tenha medo da pobreza. Veja como as pessoas lutam desesperadamente para amontoar bens a fim de se livrar da pobreza.

E, embora fiquem ricos, continuam assustados. Essa luta atormentada e persistente contra o medo da pobreza provoca o stress, o esgotamento e, por fim, o homem acaba por ter um desnecessário enfarte.

Você não nasceu para a pobreza. Você é filho de Deus e tem todo o universo á sua disposição. Mergulhe na riqueza infinita. Tanto a pobreza quanto a riqueza são apenas estados de espírito que geram a realidade correspondente.

Não acredito que a religião pregue a pobreza como condição humana embora existam aqueles que optam pela vida pobre por professarem uma ascese que os satisfaz interiormente.

Jesus pregou a "pobreza em espírito", o que é muito diferente da "pobreza económica ou física". Essa é um estágio transitório, que não deve irritar e nem perturbar a pessoa, mas ser-lhe degrau para alcançar a prosperidade. Acredita na prosperidade e será próspero.

Não tenha medo da pobreza, nem guarde ressentimentos contra os ricos, mas canalize as suas energias físicas e mentais, os seus entusiasmos e criatividades, no sentido de crescer sempre mais economicamente.

Se os seus pensamentos constantes forem de abundância, atrairá abundância inevitavelmente.


 

28 de abril de 2010

MEDO DAS DOENÇAS

Por certo, conhece um grande número de pessoas que têm a mania das doenças. Outras tantas pessoas não a têm. Mas vivem a falar de enfermidades, de mortes e de remédios. Há ainda, pessoas, que tanto medo tem, que vivem o tempo todo a falar em doenças.

Lembra-se daquela lei da mente: o semelhante atrai o semelhante!

Pensamentos de doença atraem a doença.

Coloque-se sob a protecção divina e crie a imagem permanente da saúde.

Imagine-se sadio todos os dias e a doença não entrará no seu corpo.

A sua imagem original e verdadeira é sempre perfeita, por isso mantenha-se ligado a essa imagem verdadeira. Não faça existir aquilo que não existe. Risque fora a doença da sua mente e ela desaparecerá da sua vida.

 

15 de abril de 2010

MEDO DA CRÍTICA

Este é um dos temores mais comuns. O medo da crítica, ou seja, o medo "do que os outros vão dizer" é um demónio devastador. Sufoca talentos, espreme personalidades, destrói felicidades, cria barreiras imensas e aniquila a liberdade e a autoconfiança.

Se quer ser alguém neste mundo e quer viver a vida na plenitude sonhada, não se deixe vencer pelas críticas.

Se todos tivessem dado ouvidos às críticas, muitos grandes homens não existiriam e não existiam o automóvel, o avião, as viagens espaciais, e até mesmo o homem não teria pisado na lua.

Seja você. Deixe-se guiar pela Sabedoria Infinita, que está no seu íntimo, e siga em frente de cabeça erguida, sem se assustar com as críticas. Passe com a caravana e deixe que os cães ladrem á lua.

Ralph Valdo Emerson escreveu uma mensagem muito importante a que o convido a meditar.

Acreditar no nosso próprio pensamento, acreditar que aquilo que é verdadeiro para nós, no âmago do nosso coração, é verdadeiro para todos os homens, isto é génio.

Expressemos a nossa convicção latente e ela será o consenso universal; pois o mais íntimo se torna, oportunamente, o mais exterior, e o nosso primeiro pensamento nos é devolvido pelos clarins do Juízo Final. Dada a familiaridade que cada qual tem para a voz da mente, o maior mérito que atribuímos a Moisés, Platão e Milton, é o de que desprezaram livros e tradições e falaram, não do que os homens pensavam, mas daquilo que eles pensavam. Todo o ser humano deveria aprender a captar e atentar para o fulgor de luz que lampeja pela sua mente, provindo do seu âmago, mais do que o brilho do firmamento de menestréis e sábios. No entanto, despreza ele, instantaneamente, seu pensamento, porque é seu. Em toda a obra de génio, reconhecemos os nossos próprios pensamentos rejeitados; eles voltam para nós com uma certa estranha majestade. As grandes obras de arte não encerram lição capaz de nos afectar mais do que isto. Ensinam-nos a sustentar a nossa impressão espontânea, com bem-humorada inflexibilidade, mesmo quando todo o clamor de vozes está do outro lado. Do contrário, mais tarde, um estranho dirá, com magistral bom senso, precisamente o que sempre pensamos e sentimos, e seremos forçados a receber de outrem, envergonhados, pela nossa própria opinião.

Há uma voz correcta dentro de si, que gosta de si, que quer o seu sucesso e felicidade; é essa voz que deve ouvir. E quando tiver que ouvir o que alguém fala, faça apenas com a intenção de confrontar com a palavra verdadeira que brota do seu interior.

Deixe que os outros pensem como quiserem e sejam como quiserem. Apenas não permita que eles tomem conta de si e entrem a decidir no mundo que é apenas seu.

14 de abril de 2010

LIBERTE-SE DO FANTASMA DOS MEDOS

Se existe demónio no mundo, este tem o nome de Medo. Os medos formam a corja dos demónios que atormentam a humanidade. Eles estão em toda a parte, penetram sorrateiramente em tudo, e conseguem, frequentemente, aninhar-se dentro da mente das pessoas.

Todo o pensamento de medo tem uma forte força magnética, que atrai a realidade.

Existem muitos tipos de medos, mas vamos desmascarar para sempre os mais frequentes:

MEDO DA POBREZA

Dificilmente se encontra uma pessoa que não tenha medo da pobreza. Veja como as pessoas lutam desesperadamente para amontoar bens a fim de se livrar da pobreza. E, embora fiquem ricos, continuam assustados. Essa luta atormentada e persistente contra o medo da pobreza provoca o stress o esgotamento e, por fim, o homem acaba adquirindo um desnecessário enfarte.

Você não nasceu para a pobreza. Sendo um filho de Deus tem todo o universo á sua disposição. Mergulhe na riqueza infinita. Tanto a pobreza quanto a riqueza são apenas estados de espírito que geram a realidade correspondente.

Não acredito que a religião pregue a pobreza como condição humana embora existam aqueles que optam pela vida pobre por professarem uma ascese que os satisfaz interiormente.

Jesus pregou a "pobreza em espírito", o que é muito diferente da "pobreza económica ou física". Essa é um estágio transitório, que não deve irritar e nem perturbar a pessoa, mas ser-lhe um degrau para alcançar a prosperidade. Acredite na prosperidade e será próspero.

Não tenha medo da pobreza e nem guarde ressentimentos contra os ricos, mas canalize as suas energias físicas e mentais, seus entusiasmos e criatividades, no sentido de crescer sempre mais economicamente.

Se os seus pensamentos constantes forem de abundância, atrairá abundância inevitavelmente.

Amanhã falarei sobre o Medo da Crítica

Manuel Moreira


 

 

27 de março de 2010

SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU

Havia grande expectativa quando foi aberto o túmulo de Hermes, pois se dizia que lá dentro estaria o grande segredo da humanidade.

Ao abrirem com o maior entusiasmo a sepultura, foi encontrada no seu interior a seguinte frase:

"Como é lá dentro, assim é aqui fora, como é lá em cima, assim é aqui em baixo".

Esta frase reportou-me a uma outra de um autor muito mais famoso do que Hermes.

"Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu".

Essa última afirmação é de Jesus Cristo.

Tanto uma como outra encerram uma verdade de extrema profundidade.

A frase de Hermes pode significar que, assim como é na sua mente, assim é na realidade de fora.

A frase de Jesus também contém uma verdade profunda e transcendente.

Um dia, estava a caminhar pelas areias das praias de Tramandaí, quando de repente senti um impulso para escrever o Pai-nosso em poesia.

Ao chegar à afirmação: " Seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu", os versos saíram – me assim:

SEJA FEITA A VOSSA VONTADE

A tua santa vontade

É me dar felicidade,

É me ligar só no bem…

É me dar logo, em seguida,

As boas coisas da vida

Que eu desejo também.

ASSIM NA TERRA como no céu

Deus está na matéria,

Que não contém a miséria,

Porque Deus é perfeição.

Se o meu corpo está doente,

Ligo-me em Deus novamente

E de novo fico são!

Assim na terra COMO NO CÉU…

A mente é um céu eterno,

Ou, então, o próprio inferno

Que no íntimo se traz.

Mas, fazendo a tua vontade,

Terei um céu de verdade,

De Harmonia, amor e paz.

É pois de se notar, que fazer a vontade do Pai não é deixar que as coisas aconteçam como aconteceram.

Um dia uma senhora, doente de cancro, me disse:

Quando eu me consciencializei que tinha cancro, coloquei tudo nas mãos de Deus".

Então perguntei o que é que ela queria dizer com aquela frase. Aquela frase, muito repetida nos meios religiosos, pode conter um conteúdo fatídico, como se a pessoa resolvesse mais ou menos assim: Azar, agora seja o que Deus quiser

Ora, Deus nunca pode querer a doença, porque Deus é perfeição e só tem desejos de perfeição.

Se você quer fazer a vontade de Deus, tratará de entrar em estado de perfeição, isto é, em estado de harmonia mental e física, em estado de perfeita interacção entre a mente e o corpo, entre a "terra e o céu".

Portanto há de se ligar na saúde e não na doença.

Quando você está doente diga que " seja feita a vontade de Deus assim na terra como céu", ou seja, deseje que a sua mente e o corpo entrem novamente em estado de saúde, de Harmonia e perfeição.


 


 


 


 


 


 


 


 

26 de março de 2010

AGORA PONHA O MUNDO A SEUS PÈS

Com certeza já leu na Bíblia que é o rei da criação e, consequentemente, o dono do mundo. Então, levante-se e ponha o mundo a seus pés

Comece desde agora a construir o seu mundo. Seja você o engenheiro e o arquitecto da sua vida.

Você é uno com o Pai, portanto não diga que é um verme rastejante, não diga que é um ser miserável, não diga que está vivendo num vale de lágrimas.

Você tem um Poder Infinito e uma Sabedoria Infinita para escolher e conseguir o melhor.

Perceba que você é poderoso e livre. Seus anseios de amor e de felicidade, seus desejos de viver na abundância e na saúde perfeita são normais e justos.

Anormais são a miséria, a doença, o desamor, a infelicidade.

Levante a cabeça. Vamos. Levante a mente. Olhe este mundo fantástico, cheio de belezas e de riquezas, e entenda que ele foi criada para si. Pode existir herança mais fabulosa?

Use a Força Divina e terá o mundo a seus pés.

Use o Poder Infinito, que está dentro de si, e será um triunfador.

Use a Sabedoria Infinita , que está em si , e saberá chegar onde deseja.

Mergulhe na Presença Infinita, e nada de mal poderá acontecer-lhe.

Proclame com vigor, para si mesmo: eu sou um vencedor.

Assim é e assim será.

25 de março de 2010

TUDO QUE PEDIRDES AO PAI, EM ESTADO DE ORAÇÃO, CRENDO QUE HAVEIS DE ALCANÇAR, ALCANÇAREIS.

Foi Jesus Cristo quem deu uma das mais perfeitas definições do poder da mente, quando afirmou;

Tudo o que pedirdes ao Pai, em oração, crendo que haveis de alcançar, alcançará.

Vale a pena fazermos uma análise dessa afirmação.

Primeiro, quero chamar a sua atenção para a palavra
TUDO
. Na verdade, o Poder Infinito, que está no seu íntimo, lhe alcança tudo, sem nenhuma excepção. Se você pudesse pedir alguma coisa que lhe fosse impossível alcançar, ou se pudesse pedir algo que não existisse, estaria furada a afirmação de Jesus. Mas a lei do," Pedi e Recebereis" é uma lei universal e, consequentemente, infalível." Pedi e Recebereis" . Assim como são infalíveis as leis universais da física, da química, da mecânica, da electricidade, da astronomia, etc. Assim também são infalíveis as leis da mente. Então veja bem, tudo o que pedir tudo o pode conseguir.

Pode pedir, por exemplo, amor, casamento, saúde paz interior, sono tranquilo, casa, carro, riquezas, felicidade, harmonia, inteligência, memória, emprego, viagem, calma, segurança interior, coragem, autoconfiança, sensibilidade, intrepidez, sucesso, farta colheita, recebimento do que lhe é devido, e TUDO o mais que possa imaginar de bom.

Vamos á seguinte palavra da frase de Jesus: Pedirdes.

Você precisa pedir, isto é, precisa saber o que deseja. Como quer que o Poder Infinito lhe obtenha algo se não definiu o que quer, ou, pior ainda, não sabe o que quer? Saiba que Deus, que está dentro de si, somente pode agir em si por si. Deus pode torcer o seu pescoço para que peça só coisas boas, bem como não pode agir por conta dentro de si. Se assim acontecesse, imagine só que confusão não se criaria na sua vida: você desejar uma coisa e Deus o levar para outra coisa. Não, na verdade, Deus sabe o que é melhor para si mas deu-lhe a liberdade. Pela liberdade você tem o tamanho de Deus e pode concordar com ele, discordar dele, desconhecê-lo e até mesmo ir contra ele.

Deus o atende sempre e não pode deixar de o fazer, porquanto você é o próprio Deus manifestado no mundo.

Jesus ensinou-nos a certa altura: "Pedi e recebereis, batei e abrir-se-vos-á, procurai e achareis".(Lc.11,9)

Numa outra ocasião, o Mestre disse:
" Quando orares, entra no teu aposento, fecha a porta e ora a teu Pai, que vê o que é oculto, te há-de recompensar. Nem faleis muito quando orais, como fazem os gentios, que cuidam de ser atendidos por causa de muito palavreado" (Mt.6,5-7).


 

Aqui já podemos fixar-nos na palavra Pai. Jesus chama a Deus de Pai. Deus tem muitos nomes. Uns chamam-lhe de Poder Infinito, outros de Pai, Ser Superior, Eu Superior, Grande Arquitecto, Mente Cósmica, Energia Eterna, Mente Universal, Senhor, Vida, Presença Infinita, Espírito Santo, Grande Espírito, Subconsciente, Força Divina, Matéria Eterna, e tantos outros nomes.

Eu e o Pai somos um, disse Jesus.

Você também é uno com o Pai. É por isso que Jesus disse que quando "fores orar, ora a teu Pai, que está no secreto ".

Quem me vê a mim, vê o Pai, também disse Jesus.

Quem o vê a si vê o Pai, porque o seu espírito emana do Espírito de Deus, por isso é parte de Deus, é uno com Deus. Aí reside a sua força, o seu poder, a sua sabedoria, a sua grandeza e divindade.

Quando for orar, portanto, entre para dentro de si mesmo. É isso que Jesus queria dizer quando falou que você deve pedir EM ESTADO DE ORAÇÂO.

" Quando orares entra no secreto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está no secreto…"


 

Este é um convite para entrar em estado de oração, em concentração mental, em nível alfa, em estado de meditação; enfim, quando vai orar ou pedir algo, procure descer às profundezas da sua mente, pois aí a sua oração chega mais límpida, sem as dúvidas e obstáculos, muitas vezes criados pela mente consciente. Quanto mais profunda a sua concentração e, mais passiva estiver a sua mente consciente, mais fortemente gravará no seu subconsciente o seu pensamento.

Como em estado de profundidade mental diminuem as reacções contrárias da mente consciente, com mais facilidade e segurança você CRÊ QUE VAI ALCANÇAR.

Este é mais um requisito para o atendimento: crer que, pelo facto de pedir, já está alcançado.

Crer é ter certeza. Quando você duvida, está mandando duas ordens contrárias ao subconsciente: uma é a ordem daquilo que você deseja e pede, e a outra é o sentimento hesitante de que talvez seja atendido.

Jesus disse certa vez, algo simplesmente assombroso:

" Aquele que crer em mim, fará as coisas que eu faço, e as fará ainda maiores". (João, 14,12)

Quando se desloca a um banco para levantar dinheiro, basta preencher correctamente o cheque, ter crédito e entregar o cheque ao caixa, e já fica á espera do dinheiro com tranquilidade e a certeza absoluta que o receberá.

Faça assim quando pedir algo. Crie o sentimento de certeza de que, pelo facto de pedir, já está alcançando.

Assim, livre de preocupações, de dúvidas, de medos, de incertezas e de ansiedades, ALCANÇARÁ

Toda a oração é infalível.

"Pai, eu te dou graças por me teres ouvido. Bem sabia que me ouves sempre " . (João, 11,41-42)

O OBJECTO DA FÉ PODE SER VERDADEIRO OU FALSO

Felipe Paraselcus, médico, alquimista e erudito suíço – alemão, que viveu de 1490 a 1541, foi um inovador na Medicina do seu tempo e tentou descobrir o elixir da longa vida. É interessante esta sua afirmação:" Quer o objecto da sua fé seja verdadeiro ou falso, os efeitos obtidos serão os mesmos. Assim se eu tiver fé na estátua de São Pedro, como deveria ter no próprio São Pedro em pessoa, obterei os mesmos resultados que teria obtido de São Pedro. Mas, isto é superstição. A fé, contudo, produz milagres; e quer seja falsa ou verdadeira, produzirá sempre as mesmas maravilhas" Não é, portanto, o objecto, ou a religião, ou a imagem quem produz os resultados: é a fé que você tem de que esse objecto, ou essa religião, ou essa frase, ou essa oração, ou essa imagem, produzem o resultado que fará com que aconteça.

A fé é uma força irresistível imana mente em você; no fundo, é a própria Força Divina existente em você. Esta Força age, não movida por aparatos exteriores, mas pelo seu pensamento. Lembre-se que acreditar e é aceitar o seu pensamento como verdadeiro, quer ele seja, de facto, verdadeiro ou não. Quando você acredita em alguma coisa o seu pensamento se dirige apenas nessa direcção e então acciona o Poder Infinito, que está dentro de você, e o Poder Infinito cumpre. Quando você manda uma ideia, na qual você acredita, para o seu subconsciente, este trata de cumprir.

Se você acredita que é nervoso, fica nervoso; se acredita que é calmo, ficará calmo.

Frequentemente as pessoas me perguntam se despacho ou bruxarias pegam. Fizeram um "trabalho" contra mim e daí para a frente tudo está a dar errado para mim.

Enterraram a minha fotografia no cemitério e eu estou com medo. Já perdi o emprego. Estou apavorado.

Deitaram um despacho na porta da minha casa. Comecei a ficar doente.

Ele disse-me que se eu não voltasse, eu não ia ser feliz. Olha, perdi o meu namorado.

Outras pessoas contam.

Um dia me disseram que, se eu não fizesse um" trabalho", eu não arrumaria emprego. Não acreditei nisso e, em seguida, tive uma oportunidade de emprego formidável. Estou óptimo, melhor do que nunca.

Eu tinha uma vizinha muito invejosa que só me desejava azar. Ela disse fazer certos "trabalhos" para me tirar o namorado. Fiz como o senhor me disse: comecei a mentalizar todos os dias que ela era maravilhosa, filha de Deus perfeita, desejei-lhe tudo de bom, e imaginei minha amiga sincera. Pouco tempo depois ela começou a me cumprimentar e nos tornamos grandes amigas. Eu podia continuar a citar muitos casos. Para uns o "trabalho pegou", para outros até foi razão de maior sucesso. Isto quer dizer que não é o "trabalho" que provoca esta ou aquela situação mas é o pensamento que você cria na mente em relação a este tipo de coisa.

Ninguém pode prejudicar você a não ser você mesmo. Aquele tipo de coisa pega se você ACREDITA que pega; não pega se ACREDITA que não pega. Deu para entender? Em última análise, tudo começa e termina na sua mente. Alguns tempos atas, veio conversar comigo um senhor de certa idade. Ele tinha na cabeça a crença de que tudo o que era mal feito se devia atribuir ao demónio. Acreditava ferrenhamente no demónio e dizia que as pessoas geralmente estavam endemoninhadas, porque nem sempre faziam o bem. Eu falei-lhe que esta história de demónios era superstição e expliquei-lhe o significado da palavra. Dias depois, ele apareceu esbaforido e, da escada mesmo, me inquiriu severo:

Então o senhor não acredita em demónios?

Depende, respondi-lhes que lhe posso afirmar é que esse tipo de demónios que viveriam aqui na terra para tentar a gente, para nos induzir ao mal, nãoexiste,porque seria ridículo atribuir uma obra dessas ao Criador, que é Amor e Bondade.

Então retorquiu ela veemente vou lhe mandar um bando de demónios e o senhor vai ver.

Eu sorri complacente e lhe disse: pode mandar-me todos os demónios de Santa Maria, do Rio Grande do Sul, do Brasil e do mundo inteiro.

Mande tudo para cá, assim o resto do mundo fica limpo.

Claro e eu nem me preocupei com o que ele dissera. Outra pessoa talvez ficasse perturbada e, qualquer coisa que acontecesse de negativo, já levaria a concluir: Viu, já está acontecendo. Relembro aqui Shakespeare:"O bem e o mal existem, é o pensamento que os cria".

24 de março de 2010

PENSE GRANDE

Agora você está a começar a vislumbrar o caminho do sucesso. Quem sabe, até aqui você vivia à procura das razões de sucesso e do fracasso fora de si. Talvez estivesse a fazer até agora exactamente como tantos dos seus amigos, conhecidos e vizinhos, que atribuem os problemas às difíceis contingências da vida, ou á falta se sorte, ou que à incompetência do governo, ou, mesmo, à crise mundial. Mas, nunca se esqueça de que, mesmo durante a última guerra mundial, muitos homens continuaram a enriquecer; nunca se esqueça que, mesmo agora, durante as crises que você acha que estão a barrar o seu sucesso financeiro, muitos continuam a enriquecer.

Vamos e comece a pensar grande. Saia fora dessa enleada negativa, que o amarra a estreitos limites.

Engate o seu vagão numa estrela. Suba Alto. Pense grande. Acredite que o sucesso é seu parceiro inseparável. Mantenha os seus pensamentos acesos pelo entusiasmo e ligados nas boas coisas da vida. Siga em frente, com a certeza de que, a cada dia, está progredindo sempre mais e mais. Não importa de onde esteja a iniciar. O que importa é o padrão de imagem que você criou na sua mente aqui e agora. Grandes homens começaram como você, mas tornaram-se grandes porque alimentaram permanentemente grandes pensamentos, grandes metas. Alexandre Magno e Napoleão Bonaparte idealizaram grandes conquistas; as obras imortais de Shakespeare são fruto do seu pensamento; Benjamin Franklin imaginou a captura do raio através da electricidade para provar que a electricidade e o raio têm a mesma força; foi o pensamento persistente de Santos Dumont que gerou o invento do aeroplano, ou seja, de uma nave que, embora mais pesada do que o ar, pudesse voar. Thomas Alva
Edison descobriu a utilização da electricidade e inventou a lâmpada, o cinema, o fonógrafo, o eléctrico e centenas de outros inventos. Posso continuar citando outros grandes homens, como César Beethoven, Marconi, padre Landel de Moura, Kennedy, Von Braun, Einstein, Tomás de Aquino, Descartes, Freud, Sócrates, Aristóteles, e tantos outros. Posso citar, ainda, Nero, Hitler, Estaline e outros que usaram negativamente a sua força mental. Todos eles, através do pensamento persistente e forte, formaram um quadro mental do que desejavam e, com o tempo, o que desejavam tornou-se realidade.

Você também tem uma bomba atómica na sua mente.

Poderá deixá-la adormecida para sempre; poderá fazer explodi-la, destruindo e destruindo-se; ou, então, poderá usá-la como sina propulsora dos seus ideais e dos seus desejos saudáveis.

23 de março de 2010

REPITA,REPITA

Toda a ordem que manda para o subconsciente, com determinação, ele trata de realizar.

Muitas vezes se queixa de que não consegue as coisas que mentaliza, mas esquece-se de que há uma dicotomia nos seus pensamentos.

Dona Julieta era uma senhora muito nervosa. Eu fiz uma oração, que ela deveria mentalizar à noite, de manhã e mais algumas vezes por dia, principalmente quando se sentisse agitada. Ela fazia a oração metodicamente. E veio queixar-se que não havia progredido nada. Na oração dizia para si mesma que era calma, que era muito calma, mas na realidade poucas vezes isso acontecia.

Procurei saber o que se passava na mente da dona Julieta e observei que, ao mesmo tempo que se programava para ser calma, tinha a sensação de que era nervosa e achava que estava a mentir para si; por outro lado, toda a vez que se encontrava com amigas e comadres, o assunto caía invariavelmente no seu nervosismo. Ora, eram duas forças lutando dentro dela, cada uma querendo impor-se ao subconsciente.

Ela estava na verdade a fazer duas orações opostas e contraditórias. É isso que acontece quando a oração não é ouvida.

Que fazer, então, para solucionar a situação?

Encontrar um outro caminho, o caminho muito usado pelas agências de publicidade.

Você liga a televisão porque tem interesse no seu programa, na sua novela, no seu filme. Mas, no meio do seu programa, você tem de aceitar a publicidade que é colocada. Aparentemente, permanece indiferente á publicidade, pois o que quer mesmo é assistir ao seu programa. No entanto, vê demonstrações sobre essa ou aquela pasta de dentes, essa bebida que conquista mulheres, esse banco que rende mais, aquela loja que vende isto e aquilo, assim por diante. Conscientemente, você está ligado apenas no seu programa, mas a publicidade acaba por influenciá-lo e lá vai adquirir o tal produto. Seu subconsciente aceitou a mensagem depois de tanta repetição e você acabou entrando na compra.

A repetição é uma forma de impressionar o subconsciente.

Quando você está nervoso, repita-se a si mesmo: "Eu sou calmo, eu sou muito calmo" , e continuando a repetir, você ficará calmo.

Não use a formulação negativa, porque a palavra cria a imagem negativa.

Por exemplo, se você diz " eu não estou nervoso", a imagem que mais gravará, por certo, é a da palavra nervoso e essa é uma imagem negativa.

Simplesmente afirme a imagem que você deseja: " Eu sou calmo".

Não se preocupe se inicialmente nada acontece.

Batei e abrir-se-vos-á – já dizia o grande Mestre Jesus.

16 de março de 2010

O OBJECTO DA FÉ PODE SER VERDADEIRO OU FALSO

Felipe Paraselcus, médico, alquimista e erudito suíço – alemão, que viveu de 1490 a 1541, foi um inovador na Medicina do seu tempo e tentou descobrir o elixir da longa vida. É interessante esta sua afirmação:" Quer o objecto da sua fé seja verdadeiro ou falso, os efeitos obtidos serão os mesmos. Assim se eu tiver fé na estátua de São Pedro, como deveria ter no próprio São Pedro em pessoa, obterei os mesmos resultados que teria obtido de São Pedro. Mas, isto é superstição. A fé, contudo, produz milagres; e quer seja falsa ou verdadeira, produzirá sempre as mesmas maravilhas" Não é, portanto, o objecto, ou a religião, ou a imagem quem produz os resultados: é a fé que você tem de que esse objecto, ou essa religião, ou essa frase, ou essa oração, ou essa imagem, produzem o resultado que fará com que aconteça.

A fé é uma força irresistível imana mente em você; no fundo, é a própria Força Divina existente em você. Esta Força age, não movida por aparatos exteriores, mas pelo seu pensamento. Lembre-se que acreditar e é aceitar o seu pensamento como verdadeiro, quer ele seja, de facto, verdadeiro ou não. Quando você acredita em alguma coisa o seu pensamento se dirige apenas nessa direcção e então acciona o Poder Infinito, que está dentro de você, e o Poder Infinito cumpre. Quando você manda uma ideia, na qual você acredita, para o seu subconsciente, este trata de cumprir.

Se você acredita que é nervoso, fica nervoso; se acredita que é calmo, ficará calmo.

Frequentemente as pessoas me perguntam se despacho ou bruxarias pegam. Fizeram um "trabalho" contra mim e daí para a frente tudo está a dar errado para mim.

Enterraram a minha fotografia no cemitério e eu estou com medo. Já perdi o emprego. Estou apavorado.

Deitaram um despacho na porta da minha casa. Comecei a ficar doente.

Ele disse-me que se eu não voltasse, eu não ia ser feliz. Olha, perdi o meu namorado.

Outras pessoas contam.

Um dia me disseram que, se eu não fizesse um" trabalho", eu não arrumaria emprego. Não acreditei nisso e, em seguida, tive uma oportunidade de emprego formidável. Estou óptimo, melhor do que nunca.

Eu tinha uma vizinha muito invejosa que só me desejava azar. Ela disse fazer certos "trabalhos" para me tirar o namorado. Fiz como o senhor me disse: comecei a mentalizar todos os dias que ela era maravilhosa, filha de Deus perfeita, desejei-lhe tudo de bom, e imaginei minha amiga sincera. Pouco tempo depois ela começou a me cumprimentar e nos tornamos grandes amigas. Eu podia continuar a citar muitos casos. Para uns o "trabalho pegou", para outros até foi razão de maior sucesso. Isto quer dizer que não é o "trabalho" que provoca esta ou aquela situação mas é o pensamento que você cria na mente em relação a este tipo de coisa.

Ninguém pode prejudicar você a não ser você mesmo. Aquele tipo de coisa pega se você ACREDITA que pega; não pega se ACREDITA que não pega. Deu para entender? Em última análise, tudo começa e termina na sua mente. Alguns tempos atas, veio conversar comigo um senhor de certa idade. Ele tinha na cabeça a crença de que tudo o que era mal feito se devia atribuir ao demónio. Acreditava ferrenhamente no demónio e dizia que as pessoas geralmente estavam endemoninhadas, porque nem sempre faziam o bem. Eu falei-lhe que esta história de demónios era superstição e expliquei-lhe o significado da palavra. Dias depois, ele apareceu esbaforido e, da escada mesmo, me inquiriu severo:

Então o senhor não acredita em demónios?

Depende, respondi-lhes que lhe posso afirmar é que esse tipo de demónios que viveriam aqui na terra para tentar a gente, para nos induzir ao mal, não existe, porque seria ridículo atribuir uma obra dessas ao Criador, que é Amor e Bondade.

Então retorquiu ela veemente vou lhe mandar um bando de demónios e o senhor vai ver.

Eu sorri complacente e lhe disse: pode mandar-me todos os demónios de Santa Maria, do Rio Grande do Sul, do Brasil e do mundo inteiro.

Mande tudo para cá, assim o resto do mundo fica limpo.

Claro eu nem me preocupei com o que ele dissera. Outra pessoa talvez ficasse perturbada e, qualquer coisa que acontecesse de negativo, já levaria a concluir: Viu, já está acontecendo. Relembro aqui Shakespeare:"O bem e o mal existem, é o pensamento que os cria".

14 de março de 2010

E QUANDO VOCÊ É ATENDIDO AO CONTRÁRIO

Eu dizia acima que, quando você não é atendido, é porque está a fazer duas orações opostas.

Pois bem, para completar melhor a ideia, digo-lhe que você é sempre atendido: ou positivamente ou negativamente. Porque, entre duas ordens opostas e contraditórias, numa você acredita muito mais do que na outra. E, nesses casos, geralmente você põe muito mais emoção, muito mais energia, no pensamento negativo.

Ocorre muitas vezes, também, que você mentaliza durante dez ou quinze minutos por dia aquilo que você deseja e passa o restante das vinte e três horas e quarenta e cinco minutos mentalizando que "não adianta, que isto não vai acontecer".

Um dia, uma senhora me procurou porque estava aflita, visto que seu marido havia deixado às pressas a cidade onde moravam e não lhe dissera onde iria ficar, pois não queria que ninguém soubesse do seu paradeiro, isto por razões de negócios. Os dias se passaram e o marido não telefonava. Ela não sabia onde ele se encontrava e nem o que era da vida dele.

Eu lhe disse:

Fale mentalmente com seu marido e peça que ele lhe telefone.

Mas eu não sei onde ele se encontra – respondeu ela.

Não importa – retruquei e fale em pensamento.

Para o pensamento não existe espaço, nem distância, nem barreira. Veja o seu marido diante de si e diga para lhe telefonar. Ele receberá o seu recado através do subconsciente dele e atenderá o seu desejo.

A mulher achou um tanto mirabolante a ideia, mas foi confiante para casa.

Uma semana depois voltou e disse-me que havia acontecido.

Mas você está mentalizado do que lhe falei?

Sim – respondeu ela. – Até vou a uma igreja e peço, peço muito, para que ele me telefone.

Será que você não está a duvidar de que isso possa acontecer mesmo?

Ela reconheceu que, no fundo, não acreditava muito nisso, embora desejasse que acontecesse.

Insisti que podia ter absoluta certeza de que ele iria telefonar-lhe.

Dois dias depois ela veio a correr para me contar que o marido havia ligado três vezes naquele dia para falar-lhe, pois as duas primeiras vezes, não a encontraram em casa.

Você precisa acreditar. Desfaça-se das barreiras negativas. A sua mente é cósmica, é universal, e você pode entrar em contacto com todo o universo.

Certa vez, esteve comigo uma senhora que sofria de ataques. Dei-lhe uma oração pela qual já se considerava curada, seu cérebro e mente funcionando correctamente, na justa e recta ordem divina.

Tempos depois ela voltou bastante decepcionada. Cada vez que achava que tinha acabado os ataques, aí é que eles voltavam.

Aí estava uma oração às avessas. Quando os ataques paravam, na mente dela surgiam sentimentos de dúvida e desconfiança: será que parou mesmo? "Vai ver que hoje me acontecerá outra vez".

Esses sentimentos de medo, de expectativa, de incerteza, estavam ligando a mente de novo na programação dos ataques e tudo acontecia de acordo.

Faz-me lembrar uma frase de Jesus Cristo:"Quem põe a mão no arado e olha para trás não é digno de mim" Ao pedir, não se volte para as imagens da doença. Imagine-se recuperado e perfeito. Fixe na mente apenas a imagem verdadeira. E o seu subconsciente reagirá de acordo.

Ter fé é acreditar que a imagem colocada na mente se torna realidade física.

Seja feito e conforme credes disse Jesus.

11 de março de 2010

A FÉ É A LEI SUPREMA DO PODER MENTAL

Muito se tem falado sobre a fé. Todas as religiões gravitam em torno da fé.

A história do povo eleito, desde os primórdios da Bíblia está fundamentada na fé. Todos os grandes personagens da Bíblia, como Noé, Abraão, Moisés, Josué, David, Salomão, Isaac, Jacó e tantos outros, extraíram a sua força da fé.

Só existe um Poder Infinito e só existe uma forma de accionar este Poder Divino; a fé.

Mas não se trata de fé no sentido vago sobre algo que não se pode definir, sobre algo que representa uma esperança imprecisa, sobre algo que escapa ao controle da mente.

Fé é a certeza de que o seu pensamento é verdadeiro.

Acreditar, portanto, é aceitar definitivamente uma coisa como verdadeira.

Você, por exemplo, acredita que a água molha e nunca lhe passou pela cabeça qualquer espécie de dúvida quanto a isso. O pedreiro acredita que, fazendo uma mistura de areia, água, cimento e pedras, o resultado será uma massa forte de concreto. A sua fé nesse resultado é tão definitiva que nem espera para ver se vai dar certo ou não.

A cozinheira acredita que, colocando um ovo no fogo, o ovo endurece, ao passo que a manteiga, em contacto com o fogo derrete. Este é um princípio sobre o qual a cozinheira não duvida.

A mente também tem as suas leis e seus princípios que nunca falham, quando usados correctamente; por exemplo, pensando cria, o desejo atrai e a fé realiza. Isto quer dizer que tudo o que você pensa, deseja e acredita que vai acontecer, acontece obrigatoriamente.

O Mestre Jesus, que conhecia todas as leis universais, já há dois mil anos ensinava este princípio, quando dizia:

"Pedi e Recebereis".

Parece incrível que um princípio tão simples e, ao mesmo tempo, tão fabuloso, seja verdadeiro. Mas é. Todo o pedido já vem inserido no recebimento. Quando você pede, automaticamente já está atendido, assim como, quando você bebe água, já está a matar a sede. Não pode existir um pedido que não possa ser atendido.

Mas para que o seu pedido seja atendido, você deve seguir o princípio básico da fé: acredite que o seu pensamento é verdadeiro, ou seja, que o seu pedido já está atendido pelo facto de pedir.

Se você duvida ou não acredita que vai receber, significa que está mandando duas ordens opostas e conflituantes ao seu subconsciente.

Como o seu subconsciente é o seu empregado todo-poderoso, que não discute ordens, que não raciocina e que não selecciona, vai acontecer que ele não encontra condições de o atender. Por exemplo, se você é uma pessoa nervosa e deseja curar-se do nervosismo, pela lei do pedi e recebereis, você ora assim, repetidamente:" Eu sou calmo, eu sou calmo, eu sou calmo".

Daí a pouco encontra-se com uma amiga que lhe pergunta como é que vai e você já começa a dizer que se sente, muito nervoso; que não dorme bem, e coisas assim. Pronto, mandou duas ordens opostas ao seu subconsciente:

Primeira ordem: eu sou calmo.

Segunda ordem: eu sou nervoso.

Eis aí porque muitos pedidos e orações não são atendidos.

10 de março de 2010

PENSAR É PODER

Você já ouviu falar muitas vezes que querer é poder.

Como é o pensamento que acciona o poder do subconsciente, na verdade pensar é poder. Diga-me como pensa e eu lhe direi quem é. Sócrates afirmava: Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és.

Um dia procurou-me uma senhora totalmente perturbada. Mal começou a falar-me sobre os seus problemas, desatou num choro convulsivo. Falou da sua solidão, do seu nervosismo, das suas tristezas; dizia-me que, infelizmente, as pessoas são mal - intencionadas e só se querem aproveitar da gente. Estava cheia de ressentimentos e mágoas.

Eu lhe expliquei que o mundo exterior, as pessoas, a vida, tudo era resultado de pensar dela. Se ela achava que as pessoas não prestam, as pessoas, na verdade, para ela não prestam. Se ela começasse a pensar que as pessoas são agradáveis, as pessoas passariam a ser agradáveis para ela. Disse-lhe que a tristeza, as mágoas, os ressentimentos, a solidão, o nervosismo não passavam de quadros mentais que ela nutria na mente.

Escrevi para ala a seguinte oração científica e pedi que a mentalizasse algumas vezes por dia:

" Eu e Deus somos uma só unidade todo – poderosa, por isso estou em paz e irradio paz para todas as pessoas. Perdoo a mim própria de coração e irradio perdão e boa vontade para todas as pessoas.

O Poder Infinito, que está em mim, me envolve no seu amor, e envolve a tudo e a todos, por isso o mundo é bom e transmite bondade, boa vontade, harmonia e fraternidade. Desejo todas as bênçãos para a minha filha e para o meu marido e eles são protegidos pela Inteligência Infinita. Isso é bom. Estou alegre e perfeitamente bem física e mentalmente. A cada manhã acordo radiante, contemplando em mim as belezas da vida. A cada dia sinto-me melhor e melhor em todos os sentidos. Assim é e assim será. Tudo se fará conforme a minha crença. Que bom! Muito obrigada."

Isto aconteceu em 6 de Abril de 1978. Já no dia 22 de Maio do mesmo ano eu recebia desta senhora o seguinte depoimento:

"Agora tudo mudou em minha vida. Estou em paz e vejo a beleza que a vida é. Encontrei o meio de me tornar feliz e fazer os outros felizes. Essa técnica funciona mesmo; em mim fez milagres. Estou sendo abençoada espiritualmente. Agora estou com a chave deste reino maravilhoso. Posso enfrentar a vida sem problemas, pois tudo tem solução. Estou forte e agradeço a Deus por ter conservado a minha fé que antes eu não sabia como utilizar. É outra coisa a gente enfrentar a vida conhecendo o verdadeiro meio de viver…"Veja você, essa senhora mudou o padrão dos seus pensamentos e a sua vida também mudou.

Normalmente as pessoas pensam que só conseguem realizar grandes coisas na vida através de trabalhos árduos, sofridos, lutados. Não é o trabalho árduo que fatalmente leva ao sucesso. O mundo está cheio de gente que se arrebenta a trabalhar e, ao fim e ao cabo, os resultados são precários.

Talvez nós possamos dividir a história da humanidade em três eras distintas: a primeira era, foi a do trabalho braçal; a segunda, foi e é a era intelectual; agora estamos atingindo a era mental. E estamos descobrindo que a mente é a força maior, capaz de revolucionar a vida de qualquer pessoa e de qualquer nação.

O pensamento positivo, que produz a acção e que acompanha a acção, essa é a força propulsora das realizações.

Pensar é poder.

O pensamento é capaz de produzir a saúde, a paz, a riqueza, o amor, o casamento, o sucesso na plantação e na criação, tudo enfim.

9 de março de 2010

SAIBA COMO ALCANÇAR O QUE DESEJA

A coisa que mais espanta as pessoas é ouvirem que elas têm o poder de alcançar tudo o que desejarem.

Certo dia, regressando da universidade, de carro, e trazia comigo algumas colegas do pós - graduação em Filosofia. Como eu lhes falava sobre a vida, dizendo que a vida é uma festa, que a vida está aí de braços abertos para acolher-nos carinhosamente e nos oferecer todas as dádivas, uma colega atalhou-me:

Lauro, você vive no mundo dos sonhos.

É verdade – respondi-lhe de imediato – vivo no mundo dos sonhos porque eu sei que todo o sonho se torna realidade. Todo o sonho já é uma realidade mental que caminha a passos largos para a realidade física.

Ela abanou a cabeça e ficou concentrada nos seus próprios pensamentos.

Num outro livro que comecei a escrever sobre o poder da mente, eu me refiro àquela história de Ali Babá e os Quarenta Ladrões.

Havia uma caverna de tesouros, num lugar escondido e misterioso.

Quando Ali chegava na caverna, bastava dizer "Abre-te Sésamo" e a porta se abria deixando o jovem mágico diante dos tesouros mais deslumbrantes do mundo.

Era uma fortuna incalculável à sua disposição, e ele podia apanhar a quantidade que quisesse, quando e como quisesse.

A caverna misteriosa era a fonte inexaurível de suprimento de Ali Babá. Nunca mais passou necessidades, porque sabia onde abastecer-se e como fazê-lo.

Mas, por outro lado, o jovem sabia que de nada adiantaria e ficar um ano inteiro a berrar diante da caverna palavras sem sentido. A porta não se abriria.

Sabia, ainda, que não lhe adiantava dizer"Abre-te Sésamo" e ficar a dez quilómetros de distância da caverna.

Bastava, no entanto, cumprir correctamente o ritual e teria nas mãos tudo o que desejasse.

Também, para você, não adianta sonhar com o mundo inteiro e não usar os meios para atingir esse objectivo. Não adianta querer uma coisa com a boca, mas a mente ficar a dez quilómetros de distância, alheia a esse papo – furado. Não adianta você dizer "eu quero isso", mas pensar o contrário, pois assim o portão da sua mente não se abrirá. E é nas profundezas da sua mente subconsciente que se encontram os tesouros da sua vida.

É fácil abrir as comportas do poder mental, mas é preciso que você saiba como fazê-lo.

Você deve aprender a dizer o "Abre-te Sésamo" do subconsciente e, então terá diante de si todas as boas coisas da vida.


 


 


 

3 de março de 2010

FAÇA OS SEUS SONHOS TORNAREM-SE REALIDADE

Certa manhã de verão eu percorria as praias ensolaradas de Torres, no Rio Grande do Sul, quando de repente, deparei com esta frase escrita na areia:"se não puderes fazer a tua vida conforme teus sonhos, faças da tua vida um sonho".

Em outras palavras, se não puder fazer dos sonhos uma realidade, faça da realidade um sonho.

Sem dúvida, uma frase poética, bonita, filosófica. Mas não totalmente verdadeira, porque, quem conhece o poder da mente, sabe que todo o sonho pode tornar-se realidade.

Tudo que é pensável é realizável.

Tudo que é desejável é realizável. Inclusive seus sonhos.

Você mesmo teve sonhos, em outros tempos, que lhe pareciam inatingíveis, mas que hoje são realidade na sua vida.

Há tempos esteve á conversa comigo um senhor, que me contou o seguinte: Poucos anos atrás estava eu sentado na Praça Saldanha Marinho, de Santa Maria, contemplando os edifícios de apartamentos, que estavam diante de mim. Então eu disse, convicto para mim:" Um dia eu terei um desses apartamentos".

Hoje eu tenho um desses apartamentos. Naquele tempo me parecia um sonho quase impossível, porque a minha situação financeira era minguada.

Há poucos meses, uma jovem, amiga minha, confessou-me que desejava muito ter um carro, mas não tinha condições para comprá-lo.

Se você quer, pode adquiri-lo. Mentalize o seu carro.

Mas, como é que vou pagar?

O que você tem a fazer é mentalizá-lo com fé, com certeza de que já possui o carro. Veja-o diante da sua casa, sinta-se dirigindo o carro. O resto deixe para a sabedoria do seu subconsciente. Ele sabe como você pode conseguir o seu carro.

A jovem começou a mentalizar o carro de noite, de manhã e algumas vezes por dia.

Cerca de três meses depois, precisamente no dia do seu aniversário, seu pai lhe deu um automóvel, e eu mesmo vi quando o carro lhe foi entregue pouco antes do jantar que ela ofereceu aos amigos, em sua casa. O pai deu a entrada para a compra do carro e paga metade das prestações, ficando para ela uma parte das prestações que podia pagar tranquilamente.

Quantos homens, detentores de verdadeiros impérios, começaram de forma discreta e modesta, mas sonhando alto. Hoje eles contemplam com entusiasmo a materialização dos seus sonhos.

Eu tinha comigo um volume da enciclopédia"Tesouro da Juventude." Era um livro velho, que até nem sei como veio parar às minhas mãos. Eu o guardei porque ele provava, por uma série de argumentos considerados científicos, que era impossível ao homem chegar até á lua. Quando li essa página o homem já tinha posto os pés na lua. Tudo o que sonhar é realizável.

Certo dia, Henry Ford imaginou o seu famoso motor V-8.Queria construir um motor com oito cilindros num só bloco.

Mandou os seus engenheiros fazerem um projecto da nova máquina. Os engenheiros foram taxativos em dizer que era impossível um motor de oito cilindros numa só peça.

Façam-no de qualquer maneira -mandou Ford.

Mas é impossível -retorquiram os engenheiros.

Continuem o trabalho e sigam em frente até conseguirem, não importa quanto tempo levem. O velho ordenara e os engenheiros não tiveram outra alternativa senão darem-se ao trabalho, porém incrédulos e sem muito entusiasmo. Passaram todo o ano em cima do projecto e nada aconteceu. Todas as experiências falharam. Passado o ano , Ford reuniu os engenheiros para ver os resultados e nada de positivo puderam oferecer-lhe.

Vão em frente – insistiu Ford – Quero-o e Obterei.

Finalmente, depois de mais alguns insucessos, quase por acaso o segredo foi descoberto e surgiu o conhecido Ford V-8.

Foi da imaginação de pessoas visionárias e sonhadoras que surgiram tantas invenções, como a lâmpada eléctrica, o rádio, o cinema, as cápsulas espaciais as máquinas industriais.

Marconi sonhou com um sistema que pudesse utilizar o éter. O seu sonho tornou-se realidade e está aí materializado em cada aparelho de rádio e televisão.

E é bom lembrar que, quando Marconi anunciou que tinha descoberto o princípio do qual poderia enviar mensagens pelo ar, sem auxílio de fios ou de qualquer outro meio físico de comunicação, alguns de seus"amigos " o forçaram a internar-se num hospital psiquiátrico para exames mentais.

Você deve entender, no entanto, que não é um simples anseio, vago e impreciso, que vai ter força capaz de tornar-se realidade física.

Você deve criar forte convicção e não apenas alguma esperança.

Se você tem convicção, sua ideia surgirá, a cada instante, electromagnética e essa força emocional sensibilizará o subconsciente, fazendo-o agir na concretização desse desejo.

Saiba, no entanto, que não se exige maior esforço para um alto objectivo na vida do que para manter-se em estado de miséria e de pobreza.


 


 


 

28 de fevereiro de 2010

DESCUBRA O CAMINHO DA SUA FELICIDADE

Não, não é utopia. Existe um caminho seguro pelo qual pode chegar ao paraíso perdido.

Em verdade te digo que ainda hoje estarás comigo no paraíso.

Essas palavras do Mestre já valem agora para si.

Existem no interior da criatura Humana riquezas imensas, mais grandiosas do que todas as riquezas do universo. No mundo insondável do subconsciente está a mina inesgotável, que contém a satisfação de tudo o que o homem sonha e deseja para si. Já dizia Sócrates, famoso filósofo grego, que viveu quatrocentos anos antes de Cristo:

"Em qualquer direcção que percorras a alma, nunca tropeçarás nos seus limites".


Felizmente, muitos cientistas já arregaçaram as mangas e estamos no limiar de uma nova era.

O homem é o rei da criação, portanto foi feito para ter completo domínio sobre a natureza, sobre os animais, as águas, a terra, e as plantas.

Muito se tem falado, também, que o homem é a imagem e semelhança de Deus e consequentemente, em seu espírito que é parte do Espírito infinito, do quanto procede, residem o poder infinito e a sabedoria infinita.

Paulo de Tarso, quando chegou pela primeira vez a Atenas, na Grécia foi falar ao povo na tribuna do areópago. No meio do seu discurso, feito sobre Deus desconhecido, ele disse: " Pois nele vivemos, nos movemos e existimos. A propósito, disseram também alguns dos vossos poetas: Somos a sua estirpe." Veja bem, se somos da estirpe de Deus, no nosso interior existe uma energia divina que, quando utilizada, nos eleva a um nível de perfeição física, mental, material, emocional e espiritual.

Mas, que energia é esta? – Perguntará.

Um dia perguntaram a Thomás Alva Edison, o inventor da lâmpada eléctrica, o que era a electricidade. Edison respondeu que a electricidade não se explica, se usa.

O poder infinito, que existe dentro de si, não se explica; usa-se. Use-o em seu benefício, em benefício dos seus e de toda a humanidade.

O que lhe interessa não é o que é o poder infinito, mas como pode usá-lo. Quando eu comprei um carro, não me interessei em saber o que era o motor, mas como eu o podia usar e conduzir.

Lauro trevisan

 

25 de fevereiro de 2010

COMO FUNCIONA A SUA MENTE

A mente é uma só, mas tem duas funções ou características: mente consciente e subconsciente.

A mente consciente é racional, objectiva; é a mente que pensa, analisa, raciocina, deduz, tira conclusões, selecciona, censura, dá ordens, determina, imagina; é a mente em estado de vigília e responsável pelo que você é.

A mente subconsciente é subjectiva, impessoal não selectiva, cujo papel é cumprir as ordens que recebe da mente consciente através do pensamento. Tudo o que a mente consciente aceita como verdadeiro, a mente subconsciente também aceita e realiza.

Nas profundezas do subconsciente residem o poder infinito, a sabedoria infinita, a saúde infinita, enfim todos os atributos divinos.

A mente consciente age e a mente subconsciente reage de acordo.

William James, pai da moderna psicologia americana, disse que o poder de mover o mundo está no subconsciente. O que você grava na mente subconsciente, esta moverá céus e terras para tornar realidade física.

O subconsciente é, também, o construtor do corpo e mantém todas as suas funções vitais. Trabalha sempre, noite e dia, tentando ajudá-lo e preservá-lo de qualquer dano.

Pode dizer-se que a mente subconsciente é universal ou cósmica, por isso você abrange todo o universo dentro de si.

Foi Sócrates que disse que quando levantamos um dedo estamos afectando a estrela mais distante.

A mente subconsciente pode ter muitos nomes, uma vez que ela é íntima com o espírito e o espírito é infinito. Jesus dizia: Eu e o Pai somos Um. Havia absoluta interacção entre a sua mente consciente e subconsciente, daí o Poder infinito do Mestre, capaz de realizar milagres a qualquer momento.

Outras pessoas falam em Mim Superior, em Mente Cósmica, em Presença Infinita, em Poder Infinito, em Energia, Vida, assim por diante. Qualquer nome que você dê, será um nome limitado, pois nunca abrangerá toda a sua extensão da sua mente, porquanto chega a um ponto em que ela se confunde com a própria divindade.

A mente subconsciente tem força infinita, capaz de realizar todos os seus desejos, mas nunca age por conta; ela age, de modo todo especial, determinada pelo pensamento. O pensamento dá a ordem e o subconsciente cumpre.

Por isso, você é o resultado dos seus pensamentos.

Pronto, agora você desvendou o mistério. Agora você tem as chaves do reino dos céus. Como dizia Jesus Cristo:"O reino de Deus está dentro de vós mesmos."

Lauro Trevisan

20 de fevereiro de 2010

VOÇÊ É O RESULTADO DA SUA MENTE

Você é o que for a sua mente. A mente age, gerando em si mesma, um estado de paz ou de agitação, de alegria ou de tristeza, de amor ou de ódio, de riqueza ou de pobreza, de sucesso ou de fracasso, e o corpo reage gerando bem-estar ou doenças, de acordo com o conteúdo que a mente lhe envia.

O homem é a sua mente. O corpo é a manifestação da mente. A estrutura humana é expressão da mente.

Quando a mente se deteriora, o corpo se deteriora; quando a mente deixa o corpo, a energia corpórea se transforma em outros tipos de energia.

O corpo, portanto, é o resultado da mente.

Como a mente é controlável, a saúde e a doença podem ser controláveis.

A mente em estado de perfeita ordem e harmonia gera um corpo em perfeita ordem e harmonia, ou seja, em estado de saúde.

Por outro lado, a mente é o agente de todos os estados intelectuais ,emocionais, sensoriais, extra-sensoriais e espirituais.

LAURO TREVISAN


 


 

    

ESTÁ NA HORA DE SE CONHECER A SI MESMO

Dizem os entendidos que o homem de hoje não utiliza mais do que cinco por cento da sua capacidade mental. Veja bem, não é engano, apenas cinco por cento, se tanto .É como se tivesse um camião de dez toneladas e passasse4 a vida inteira a carregar apenas quinhentos quilos de carga.

Apesar de existir há milhões de anos, no que toca ao uso da mente, o homem está ainda na era da pedra lascada. É por isso que vivemos num "vale de lágrimas" e dizemos que a vida é uma luta insana e dura.

Fala-se que o nosso cérebro tem cerca de quinze biliões de células electromagnéticas e que, sabe-se a função de apenas vinte por cento dessas células, ou seja cerca de três biliões de células.

Que acontecerá quando o homem começar a usar o restante ainda adormecido do cérebro?

Hoje começará a aumentar o seu potencial mental. Alegre-se portanto, que um novo dia está raiando para si. E viva!

Infelizmente, até agora, apenas uma minoria consegue alcançar tudo aquilo que deseja e, assim desfrutar de uma vida plena de paz, de sucesso, de felicidade e de saúde física e mental. Parece, até, que, à medida que o progresso evolui, a humanidade passa a enfrentar maior número de problemas, o que é um paradoxo. Isto significa que o homem não descobriu, através dos séculos, o seu próprio caminho. Ele avançou para as alturas infindáveis dos céus, desceu para as profundezas da terra, buscou o fundo dos oceanos, explorou os extremos polares, seguiu para o norte, para o sul, para o leste e oeste, inventou milhões de objecto de grande utilidade, encurtou distâncias, mas ele mesmo, o HOMEM, continua a sentir-se insatisfeito, doente, alterado, instável, frustrado. Não é por nada que Sartre e a filosofia existencialista dizem que o homem é um projecto inacabado.

Num trabalho de filosofia para o segundo semestre de 1979, eu tomei a afirmação existencialista de que a vida é um fazer-se imprevisível e incontrolável, e a contestei. Contestei porque, a ser verdade essa assertiva, chegaríamos à conclusão de que a vida é um absurdo.

A certa altura do meu trabalho, eu escrevi:

Se a vida é imprevisível, se não pode ser determinada por mim, nesse caso eu não sou a minha vida; a minha vida vai-se fazendo alheia a mim, alheia às exigências do meu ser, alheio ao meu querer, ou seja, totalmente descompassada, como um barco à deriva.

Se a vida é incontrolável, a vida é injusta. Injusta porque a uns os faz ricos e os outros miseráveis; a uns os faz inteligentes, a outros curtos de inteligência; a uns é pródiga em benefícios a outros é madrasta; a uns abençoa, a outros amaldiçoa; a uns cumula de bens, a outros lhes tira tudo; a uns oferece um corpo sadio, a outros toda a espécie de doenças; a uns permite a cura das suas doenças, até mesmo gravíssimas e humanamente irreversíveis, a outros abandona-os à morte; a uns enche de sapatos, a outros lhes corta as pernas. Se a vida é imprevisível, torna-se uma frustração. Frustração porque cria nas pessoas os desejos e não os satisfaz. Se a vida é uma idealização humana, não passa de uma incompetência total, porquanto gera aspirações no indivíduo e não as pode cumprir.

Mas a vida não é imprevisível, nem incontrolável nem irrealizável, porque existe espaço pelo mundo, tudo o que o ser humano deseja para entrar em estado de felicidade e de plenitude

Se nós pudéssemos reunir, numa só pessoa, todas as boas coisas que ocorrem, em separado, nos indivíduos de todo o mundo, por certo a soma de todos esses atributos seria a satisfação e plenitude de todos os desejos possíveis ao ser humano. Se reuníssemos numa pessoa a sabedoria dos sábios, a riqueza dos ricos, a felicidade dos felizes, o amor dos que amam plenamente, a paz dos que estão em paz, a harmonia dos harmoniosos, a saúde dos saudáveis, a honestidade dos honestos, a liberdade dos livres, o poder dos poderosos, o conforto dos que vivem em habitações luxuosas e confortáveis, a simplicidade dos simples, a confiança dos auto confiantes, a calma dos calmos, a energia dos cheios de energia, a certeza dos seguros de si a limpeza mental dos mentalmente limpos, o positivismo dos positivos, o optimismo dos optimistas, a clarividência dos clarividentes, a fé dos confiantes, a facilidade de ir e vir dos que podem estar onde quiserem, o prazer perene dos melhores momentos de prazer-se-to, não seria exagero dizer que essa pessoa é feliz. Essa pessoa teria fechado o abismo existente entre a sua realidade actual e os seus anseios. Pois bem, se esses atributos existem esparsos pelo mundo significa que são possíveis de existir numa só pessoa, porquanto tudo o que um ser humano pode, todos os outros pode.


 

    
 

 

19 de janeiro de 2010

O SEMELHANTE ATRAI O SEMELHANTE

Você vai mal pelo poder da sua mente disse-lhe eu.

O homem espantou-se e aí, é que não entendeu mais nada. Há uma lei mental que é assim enunciada: o semelhante atrai o semelhante, ou, em outras palavras, o igual atrai o igual. Isto quer dizer que o pensamento atrai a realidade do seu conteúdo. A partir desta verdade, você está a dar-se conta que pensamentos de fracasso atraem o fracasso, pensamentos de sucesso atraem o sucesso, pensamentos de amor atraem o amor, pensamentos de ciúme atraem o conteúdo do crime, pensamentos de alegria atraem a alegria, pensamentos de tristeza atraem a tristeza e assim por diante. O pensamento é uma realidade mental que atrai a realidade física. Há milhares de anos, o profeta David, pai do sábio Salomão, afirmava: abyssus abyssum invocat, ou seja, o abismo atrai o abismo.

Os seus pensamentos, portanto, fazem a sua vida. A sua vida é a materialização, ou a expressão dos seus pensamentos constantes. E o futuro será a colheita dos pensamentos semeados na mente hoje. Você, pois, está a determinar agora o que será mais tarde. Todo o efeito tem a sua causa, como ensinava o grande sábio Jesus Cristo: "Toda a árvore boa dá bons frutos, toda a árvore má dá maus frutos". É a lei da natureza coincidindo com a lei da mente: cada um colhe aquilo que semeia.

Não existe acaso, má sorte, azar; é a soma dos seus pensamentos diários que o leva a esses resultados.

O melhor clube nunca perde o campeonato. Pode sofrer algum revés, que somente contribuirá para aprimorar mais ainda a técnica, mas ninguém lhe tirará das mãos o resultado final almejado.

Um dia veio visitar-me um senhor, bastante desanimado. Dizia-me que, por mais que desejasse progredir, não conseguia. Duas vezes já fracassara e as coisas não davam certo para ele.

É uma coisa que não entendo queixava-se ele.

Há um sujeito perto da minha casa que abriu uma lojinha qualquer e alcançou o sucesso. É um espertalhão, um aproveitador. Não sei como é que ele progride e eu não. Eu já estou com medo de fracassar mais uma vez no meu negócio.


 

Simples. Quais eram os pensamentos dominantes na sua pessoa?

Pensamentos de fracasso, de medo e de inveja do vizinho. Esses pensamentos, tão fortemente emocionais e repetidos, estavam a tornar-se realidade.

Lembre-se: pensamentos de fracasso atraem o fracasso, pensamentos de medo atraem o resultado correspondente, pensamentos de inveja prejudicam o invejoso. Era o poder da mente actuando com perfeição nele. Os pensamentos positivos que esse senhor tinha, eram totalmente envolvidos pela avalanche dos pensamentos negativos. O resultado não poderia ser diferente.

Shakespeare escreveu, na sua tragédia Hamlet, acto II, cena 2, uma frase espantosamente profunda:"O bem e o mal não existem, o pensamento é que os cria."

17 de janeiro de 2010

SE OS OUTROS PUDERAM VOCÊ TAMBÉM PODE


 

Lembre-se que tudo o que é pensável é realizável. Tudo o que uma pessoa pode desejar, pode conseguir.

Se os outros puderem, você também pode, porque as citou às leis do universo, do qual você faz parte, são justas, correctas, indiscriminatórias e infalíveis.

Aquelas pessoas que alcançaram enorme sucesso na vida, aquelas pessoas que realizaram maravilhas, aquelas pessoas que obtiveram verdadeiros milagres, se tivessem usado a mente de forma errónea como você a usou, não seria agora mais do que você.

Um dia um senhor veio queixar-se de que a sua vida estava na pior. Tudo dava errado.

Perguntei-lhe então o que estava a fazer para melhorar a vida e qual era a sua meta desejada, bem como onde pretendia chegar. Ele não me soube dizer. Não sabia o que queria. E queixava-se. Se você apanha um táxi e não diz ao motorista para onde deseja ir, ele não poderá levá-lo a lugar algum, não é assim?

Os outros puderam porque sabiam o que queriam.

Saiba o que quer e aqui aprenderá a usar os meios infalíveis e fáceis para lá chegarem.

Você vai aprender a usar o poder infinito da sua mente, poder esse que lhe alcançará tudo aquilo que deseja. Não importa se é culto ou não, se é pobre ou não, se é inteligente ou não, se tem dinheiro ou não, se tem saúde ou não. Seja quem for, esteja onde estiver, há dentro de si uma bomba atómica de força irresistível. Quando descobrir o lugar do estopim, BUUUUUUUUUMMMMMM! Conseguirá estourar a sua bomba e a sua vida se modificará de forma incrível.


 


 


 


 

PENSE GRANDE

Agora você está a começar a vislumbrar o caminho do sucesso. Quem sabe, até aqui você vivia à procura das razões do sucesso e do fracasso fora de si. Talvez estivesse a fazer exactamente como tantos dos seus amigos, conhecidos e vizinhos, que atribuem os problemas às difíceis contingências da vida, ou à falta de sorte, ou que à incompetência do governo, ou mesmo à crise mundial provocada pelo petróleo. Mas, nunca se esqueça de que, mesmo durante a última guerra mundial, muitos homens continuaram enriquecendo; nunca esqueça que, mesmo durante as crises que você acha que estão a barrar o seu sucesso financeiro, muitos continuam enriquecendo.

Vamos, comece a pensar grande. Saia fora dessa enleada negativa, que o sucesso é seu parceiro inseparável. Mantenha os seus pensamentos acesos pelo entusiasmo e ligados nas boas coisas da vida. Siga em frente, com a certeza de que, a cada dia, está progredindo sempre mais e mais. Não importa onde começar. O que importa é o padrão de imagem que você criou na sua mente aqui e agora. Grandes homens começaram como você, mas tornaram-se grandes porque alimentaram permanentemente grandes pensamentos, grandes metas. Alexandre Magno e Napoleão Bonaparte idealizaram grandes conquistas; as obras imortais de Shakespeare são fruto do seu pensamento; Benjamin Franklin imaginou a captura do raio através da electricidade para provar que a electricidade e o raio têm a mesma força; foi o pensamento persistente de Santos dumont que gerou o invento do aeroplano, ou seja de uma nave que, embora mais pesada do que o ar, pudesse voar. Thomas Alva Edison descobriu a utilização da electricidade e inventou a lâmpada, o cinema, o fonógrafo, o trem eléctrico e centenas de outros inventos. Posso continuar citando outros grandes homens, como César, Beethoven, Marconi, Padre Landel de Moura, Kennedy, von Braun, Einstein, Tomás de Aquino, Descartes, Freud, Sócrates, Aristóteles, tantos outros. Posso citar ainda, Nero, Hitler, Stalin e outros que usaram negativamente a sua força mental. Todos eles, através do pensamento persistente e forte, formaram um quadro mental do que desejavam e, com o tempo, o que desejavam tornou-se realidade.

Você também tem uma bomba atómica na sua mente.

Poderá deixá-la adormecida para sempre; poderá fazê-la explodir, destruindo e destruindo-se; ou então poderá usá-la como sina propulsora dos seus ideais e dos seus desejos saudáveis.

11 de janeiro de 2010

O que é o segredo?

Provavelmente, tem estado sentado a pensar: "o que é O Segredo?"Vou contar-lhe como cheguei ao seu conhecimento.


 

Todos trabalhamos com um poder infinito. Todos nos guiamos pelas mesmas leis. As leis naturais do universo são tão precisas que nem sequer temos nenhuma dificuldade em construir naves espaciais. Podemos mandar as pessoas para a Lua, e podemos calcular a aterragem com a precisão de uma fracção de segundos.

Estejamos onde estivermos Índia, Austrália, Nova Zelândia, Estocolmo, Londres, Toronto, Montreal ou Nova Iorque, trabalhamos todos com um único poder. Uma Lei. É a Lei da atracção!

O Segredo é a lei da atracção!

Tudo o que entra na sua vida é atraído por si.

E é atraído por si em virtude das imagens que guarda na sua mente.

É aquilo em que está a pensar.

Seja o que for que está a ocupar a sua mente, é isso mesmo que está a atrair a si.

Os maiores mestres que alguma vez viveram disseram-nos que a lei da atracção é a lei mais poderosa do Universo.

Poetas como William Shakespeare, Robert Browning e William Blake falaram dela na sua poesia. Músicos como Ludwig van Beethoven expressaram-no na sua música. Artistas como Leonardo da Vinci pintaram-na nos seus quadros. Grandes pensadores, incluindo Sócrates, Platão Ralph Waldo Emerson, Pitágoras Sir Francis Bacon, Sir Isaac Newton, Johann Wolfgang, Von Goethe e Vítor Hugo, partilharam-na na obra e nos ensinamentos que deixaram. Os seus nomes foram imortalizados, e a sua existência lendária sobrevive há séculos.

As religiões, como o hinduísmo, as tradições herméticas, o budismo, o Judaísmo, o cristianismo e o islão e as civilizações como a antiga Babilónia e o antigo Egipto, divulgaram-na nos seus escritos e Histórias.

Registadas de diversas formas ao longo das eras, a lei pode ser encontrada em manuscritos de vários séculos. Foi gravada na pedra em 3000ª.c. Embora alguns cobiçassem o seu conhecimento- e como o cobiçavam-, ela esteve sempre disponível para quem a quisesse descobrir.

A lei é tão velha com o início do tempo. Sempre existiu e sempre existirá.

É a lei que determina toda a ordem do universo, cada momento da nossa vida , e cada acontecimento que experimentamos na vida. Não importa quem você é ou onde se encontra: a lei da atracção está a formar toda a sua experiência de vida, e, toda-poderosa, está a fazê-lo através dos seus pensamentos. É você que põe em prática a lei da atracção, e fá-lo através dos seus pensamentos. Em 1912, Charles Haanel descreveu a lei da atracção como" a maior e mais infalível lei de que depende todo o sistema de criação". O s antigos Babilónios e a sua grande prosperidade são um tema académico muito estudado. Também ficaram conhecidos por criarem uma das Sete Maravilhas do Mundo: os jardins Suspensos da Babilónia. Graças á sua percepção e á aplicação das leis do universo, tornaram-se numa das raças mais ricas da história.

As pessoas que atraíram riqueza usaram O Segredo, de forma consciente ou inconsciente. Elas têm pensamentos de abundância e riqueza, e não permitem que os maus pensamentos que têm são sobre riqueza. Só conhecem a riqueza, e nada mais existe nas suas mentes. Quer estejam ou não conscientes disso, o predomínio dos seus pensamentos sobre riqueza foi o que lhes trouxe riqueza. É a lei da atracção em acção.

Eis um exemplo perfeito para demonstrar O Segredo e a lei da atracção: Você talvez conheça pessoas que fizeram riqueza, perderam tudo e, em pouco tempo, ganharam novamente uma enorme riqueza. O que aconteceu, mesmo que as pessoas não o percebessem, é que os pensamentos dominantes dessas pessoas eram sobre riqueza; foi assim que a conseguiram logo da primeira vez. Depois, deixaram que os pensamentos assustadores relacionados com a perda da riqueza lhes entrassem na mente, até esses pensamentos de medo e de perda se terem tornado dominantes. Percorreram toda a escala- passaram de pensamentos sobre riqueza a pensamentos de perda, e por isso perderam tudo. Mas, depois de perderem, o medo desapareceu, e voltaram a atingir o topo da escala, com pensamentos dominantes de riqueza. E a riqueza voltou. A lei responde aos seus pensamentos, sejam eles quais forem.


 

BOB PROCTOR

Porque é que acha que um por cento da população mundial ganha cerca de 96 por cento de toda a riqueza criada?

Acha que é por acaso? Houve um plano para que assim fosse. Eles sabem qualquer coisa. Perceberam O Segredo, e agora é você que o vai descobrir.

1 de janeiro de 2010

Descubra as Maravilhas da sua Mente

"Em qualquer direcção que percorras a alma,
nunca tropeçarás nos seus limites".
Sócrates

Muitas vezes você deve ter-se perguntado; por que é que algumas pessoas são felizes e outras desgraçadas?porque é que algumas têm sucesso na vida e outras vivem e morrem marginalizadas?
Olhe ao seu redor e verá pessoas que começaram como simples empregados e hoje estão lá em cima, e verá pessoas que nunca sairam do mesmo lugar; verá pessoas que casaram e são felizes, e verá pessoas cujo casamento se desintegrou , não sobrando pedra sobre pedra. Continue olhando, e verá pessoas que conseguiram curar-se de doenças tidas como incuráveis, e pessoas que nada puderam contra a doença.
Talvez você faça parte desse exército incalculável de pessoas que sofrem de insónia e só vão pegar no sono de madrugada à força de soníforos, quando existem tantas outras pessoas que, basta caírem na cama, e já estão a dormir na doce paz de um saudável sono.
Você já se perguntou por que é que existem pessoas alegres e despreocupadas, quando milhões de outras são deprimidas e atormentadas por neuroses e medos?
Muitos já dividiram o mundo em duas partes; as pessoas de sorte e as pessoas de azar.
Será que vivemos sob o fluxo e refluxo do imprevisível? Será que teremos que dizer, como Shakespeare, que "há mais mistérios neste mundo do que a nossa vã filosofia pode imaginar?"
Foi para abrir a sua mente que está a caminhar por estas mensagens.
Aqui você descobrirá o seu verdadeiro destino.
Agora você começa a levantar o véu do mistério e do desconhecido; agora você vai encontrar o caminho dos seus sonhos.
Não importa o estado actual em que você se encontra.
Não importa se você é pobre, doente ou um fracasso.Você pode, desde logo, começar a abrir as mãos para receber todas as dádivas da vida.
Seria injusto supor que só uma pequena classe de privilegiados pudesse ter acesso aos arcanos da sorte e das boas coisas da vida, enquanto que o resto teria que se contentar com as migalhas.
Seria também ridículo admitir que as riquezas do universo sejam limitadas, de tal sorte que, se uns tiverem bastante, outros terão pouco.
Você sempre desejou ter uma vida replecto de felicidade, de amor, de paz, de saúde, de bem-estar económico . Se não o conseguiu, alguma coisa deve estar errada consigo. O que é?
Sei que você já culpou a falta de sorte, a falta de oportunidades; sei que já culpou os pais, o governo, a vida, o mundo,o diabo, as bruxarias, os despachos, sei lá o que mais.
Mas, comece a pensar desde já; será que a culpa esta fora de si ou dentro de si?