8 de setembro de 2010

Sucesso Depende de Mim

Hoje vou dormir a pensar no que tenho de fazer amanhã.
A minha função é escolher o tipo de dia que vou ter.
Posso ficar triste com a minha vida ou sentir-me encorajado por tentar mudá-la.
Posso reclamar sobre a minha saúde ou dar graças por estar vivo.
Posso reclamar porque está a chover ou agradecer às águas por lavarem a rua.
Posso queixar-me dos meus pais por não me terem dado tudo o que eu queria
ou posso ser grato por ter nascido..
Posso reclamar por ter de ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho.
Posso lamentar decepções com amigos ou entusiasmar-me com a possibilidade de fazer novas amizades.
Se as coisas não saíram como planeei, posso ficar feliz por ter outro dia para recomeçar.
O amanhã está à minha frente, esperando para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma ao meu dia e ao mundo.
Só depende de mim.